quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Trabalhos como ator

Felipe Rocha nasceu em paris em 1972, faz teatro desde 1986, e formou-se em Artes Cênicas pela Uni-Rio (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro).

Cinema e Tevê
 
Coprotagonista do seriado "Lili, a Ex", produzido pela O2 e pelo canal GNT com direção de Luis Pinheiro, Quico Meirelles, Lilian Amarante e Daynara Toffoli
(assista aqui o primeiro episódio da primeira temporada)

Seus últimos trabalhos como ator em cinema são os filmes "Como Nossos Pais", de Lais Bodansky; "La Vingança", de Fernando Frahia; "Pendular", de Julia Murat; "Nise da Silveira - O Coração da Loucura", de Roberto Berliner; "Trago Comigo" de Tata Amaral; "Mato sem Cachorro", de pedro Amorim; "Vai que dá Certo 2", de Maurício Farias e Calvito Leal;  "Vai que dá certo", de Maurício Farias; e "Talvez em Lisboa", de Felipe Rocha.


Em tevê, também atuou nos seriados "Filhos da Pátria", "Mr. Brau", "Tapas e Beijos" e "Aline", da Rede Globo, dirigidos por Maurício Farias; no seriado "Motel", dirigido por Fabrízia Pinto, produzido pela Bossa Nova Filmes e pelo canal HBO; em  "Copa Hotel", dirigido por Mauro Lima e Tomás Portella (1ª temporada) e Vicente Amorim e Johnny Araújo (2ª temporada), Pródigo/GNT; no seriado "As Canalhas", dirigido Anna Muylaert e Pedro Freire, também para o GNT; no seriado "Cara-Metade", produzido pela Morena Filmes e Multishow, com direção de Julia Rezende; no seriado "Mulher de Fases" produzido pela Casa de Cinema de Porto Alegre e HBO, com direção de Ana Luiza Azevedo e Márcio Schoenardie; e em "A experiência", curta-metragem branded content, dirigido por Fernando Meirelles e Nando Olival. Além de atuar, entre personagens fixos e participações, em duas dezenas de novelas e seriados da rede Globo.

Roteirista e Diretor em Cinema

Como roteirista e diretor de curtas-metragens, escreveu e dirigiu em 2015 o curta "Som-Guia", com patrocínio da RioFilme (estréia no Festival do Rio' 2015), com os atores Enrique Diaz e Mariana Lima, e o diretor de fotografia Mauro Pinheiro Jr; e em 2012 o curta "Talvez em Lisboa", (estréia na noite de abertura do festival Curta Cinema' 2012).
 
Teatro

Diretor, ao lado de Alex Cassal, dos Foguetes Maravilha. Ator, autor e co-diretor de "Ele precisa começar", 2Histórias e "Ninguém falou que seria fácil", montados pelo grupo. Por este último, Felipe foi vencedor dos prêmios Shell, questão de crítica e APTR (Associação de produtores teatrais do Rio de Janeiro) 2011, na categoria melhor autor.

Ator, autor, diretor, músico, acrobata e bailarino, foi, durante vários anos, integrante da Intrépida Trupe e da banda Brasov. Em 2002 começou a trabalhar com o diretor Enrique Diaz, em espetáculos como "Ensaio.Hamlet" e "Gaivota - Tema para um conto curto". Como ator em teatro também trabalhou com os diretores Amir Haddad, Aderbal Freire-Filho, Antonio Abujamra, Christiane Jatahy, Domingos Oliveira, Felipe Hirsch e João Falcão, entre muitos outros.

Já se apresentou em alguns dos mais prestigiosos festivais de teatro do Brasil e do mundo, em cidades como Paris, Bruxelas, Moscou, Nova york, Bogotá, Shizuoka (no Japão), Amsterdam, Barcelona, Montreal, Estrasburgo, Buenos Aires, Dusseldorf, Lyon, Quebec, Frankfurt, Santiago do Chile, Londres, Dresden, Berlin, Toulouse, Modena, Viena e Lisboa.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Patrícia Kogut - A TV paga estabelece seus elencos e padrões visuais



"Em “Copa Hotel”, vemos brilhar Felipe Rocha. Ele já fez uma ou outra participação em novelas da Globo, mas sua carreira foi no teatro como ator, músico e diretor. Na série do GNT, seu bom trabalho grita e não passa despercebido nem aos olhos mais distraídos."


Matéria na íntegra em:
http://kogut.oglobo.globo.com/noticias-da-tv/critica/noticia/2013/05/tv-paga-estabelece-seus-elencos-e-padroes-visuais.html 

Jornal O Globo, Segundo Caderno, 15/5/2013.
Clique nos links para ver trabalhos em 

cinema

televisão

publicidade.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Mortos-Vivos: Uma Ex-Conferência (2017)
Espetáculo dos Foguetes Maravilha
Texto de Alex Cassal. Direção de Renato Linhares





O Abacaxi (2017)
Texto de Veronica Debom. Direção de Debora Lamm












Puzzle (2013)
direção de Felipe Hirsch.
Textos de André Sant'Anna, Felipe Rocha, Veronica Stigger, Rodrigo Lacerda, Amilcar Bettega e outros.












Síndrome de Chimpanzé (2013)
Espetáculo dos Foguetes Maravilha
Texto e direção de Alex Cassal


Vídeo da peça na íntegra 


terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Mundo Maravilha (2012)
Co-criação dos Grupos Foguetes Maravilha e Mundo Perfeito (Portugal)
Criação de Alex cassal, Claudia Gaiolas, Felipe Rocha, Paula Diaogo, Renato Linhares, Stella Rabello e Tiago Rodrigues

veja o vídeo do espetáculo na íntegra clicando aqui e usando a senha MP007



performance à partir da peça de Nelson Rodrigues.
Direção de Felipe Rocha e Alex Cassal
2histórias (2011). 
Espetáculo dos Foguetes maravilha.
Textos de Alex Cassal e Sérgio Sant'Anna. Direção de Clara Kutner e Felipe Rocha.
Ninguém falou que seria fácil. (2011)
Espetáculo dos Foguetes Maravilha
Texto de Felipe Rocha
Direção de Felipe Rocha e Alex Cassal.
* Vencedor dos prêmios Shell, APTR e Questão de Crítica de melhor texto dramatúrgico de 2011.
blog da peça


terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Otro (2010)
Espetáculo do Coletivo Improviso, direção de Enrique Diaz e Cristina Moura.  

 

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Projeto Estúdios (2009) - Criação de 3 espetáculos no teatro Maria Matos, em Lisboa, com uma equipe de criadores brasileiros e portugueses.
Criadores / intérpretes: Alex Cassal, Claudia Gaiolas, Felipe Rocha, Michel Blois, Paula Diogo, Thiare Maya e Tiago Rodrigues. Produção teatro Maria Mattos e Mundo Perfeito.
(fotos de Magda Bizarro)

+fotos

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Bobby Sands vai morrer, Tatcher assassina.
(projeto estúdios)
(veja o video teaser do espetáculo)


sábado, 10 de outubro de 2009

Pedro Procura Inês
(projeto Estúdios)
(veja o video teaser do espetáculo)

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Ele precisa começar (2008)
Espetáculo dos Foguetes maravilha
Texto de Felipe Rocha.
Direção de Alex Cassal e Felipe Rocha
Blog da peça

Clique aqui para ver o vídeo da peça na íntegra (com a senha: epc)

 

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Gaivota - tema para um conto curto (2006)
baseado na peça de Anton Tchekhov, direção de Enrique Diaz


 

sexta-feira, 1 de maio de 2009

direção de Christiane Jatahy













Zé Jack e seu pandeiro solto na buraqueira (2005) texto e direção de João Falcão
Voyage à la Haye (2005) de Jean-Luc Lagarce, leitura dramática, direção de Guy-Pierre Couleau.
Notícias cariocas (2004) de Filipe Miguez, direção de Enrique Diaz e Ivan Sugahara. Espetáculo da Cia dos Atores

Clique em postagens mais antigas (aí em baixo, à direita), pra ver espetáculos anteriores.